Comunicado de 20 de julho de 2012

Nos últimos dias, o gigantesco fogo que deflagrou em diversos concelhos da Madeira colocou novamente à prova a capacidade de união, resiliência e superação do povo madeirense.

Tive ocasião de me inteirar no terreno, com as autoridades locais, regionais e nacionais, sobre os danos materiais e físicos causados por esta nova catástrofe, que me impressionaram profundamente.

Mas foi reconfortante verificar novamente que, em momentos de tragédia, o país se une e mostra, de imediato, a solidariedade característica dos Portugueses, bem reveladora da unidade e coesão nacional.

A todos os que sofreram com esta tragédia dirijo uma palavra de conforto e ânimo, estando certo que, juntos, iremos procurar amenizar, de alguma forma, a agrura passada.

Queria deixar uma palavra de sentido louvor, de incentivo e de confiança àqueles que, de maneira abnegada e corajosa, souberam dar o melhor de si para combater o drama, nomeadamente às forças de paz e de segurança, ao pessoal da proteção civil, aos militares da Forças Armadas e, também, à população que tão generosamente ajuda no combate aos incêndios.

Funchal, 20 de julho de 2012

O Representante da República para a Madeira
Ireneu Cabral Barreto